Melo e sua base aliada recebeu doação de gestora dos presídios do Amazonas

Juntos receberam R$ 870.632,00 em doações

30/11/0001 00:00 - Atualizado em 12/01/2017 01:01
  • Foto/ Divulgação

O governador José Melo (PROS), o depuatdo federal Pauderney Avelino (DEM), os deputados estaduais Abdala Fraxe (PTN), Orlando Cidade (PTN) e Platiny Soares (DEM) tiveram suas ultimas campanhas eleitorais irrigadas com doações da Auxílio Agenciamento de Recursos Humanos e Serviços Ltda, a empresa que junto com Umanizzare já recebeu R$ 1 Bilhão e 200 Milhões pela gestão dos presídios do Estado.

Na campanha eleitoral para o governo do estado em 2014, Melo recebeu R$ 300 mil da Auxílio Agenciamento; o deputado federal Pauderney Avelino, R$ 400 mil, Abdala Fraxe, R$ 200 mil e Orlando Cidade, R$ 150 mil. As doações do grupo que é apontado como um dos responsáveis pela crise no sistema penitenciário do Estado também beneficiaram um parlamentar de primeiro mandado, Platiny Soares R$ 632,00.

Em janeiro de 2014, a Auxílio Agenciamento foi multada em 1,2 milhão pela Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejus) por falhas na segurança. A penalidade ocorreu devido falhas na segurança da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e Centro de Detenção Provisória de Manaus (CDPM).

Em março de 2015, o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado do Amazonas (Sinspeam), Rocinaldo Jesus da Silva, ingressou com representação no Ministério Público do Estado (MP-AM) para investigar a empresa contratada pelo Governo do Amazonas para fazer a gestão dos presídios. Segundo ele, a empresa Umanizzare é a mesma que administra os presídios do Amazonas desde 2003, e que vem apenas trocando de CNPJ. De acordo com ele, antigamente chamava-se Conap, depois passou a chamar-se Auxílio Agenciamento de Recursos Humanos e Serviços Ltda e agora, Umanizzare.

Todos os dados sobre doações da empresa a políticos estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

DEIXE SEUS COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.



Copyright © 2016 Portal Tribuna dos Praças. Todo o conteúdo publicado neste portal é de total propriedade e responsabilidade dos seus representantes.